Maria Guedes: Mês de Festa!

Umas calças pretas e uma camisola do mesmo tom servem de base para os melhores looks de festa. Conheça os truques da autora do blogue Stylista.

Dezembro é um mês de festa e as lojas dizem-nos isso mesmo! Pelo, lantejoulas, brilhos, aplicações, elementos decorativos… nada parece ser demais nesta estação do ano em que vale tudo menos não celebrar! A oferta é abundante e diversificada, o que por vezes pode fazer com que não saibamos muito bem por onde começar. Acontece também acharmos que as lojas estão cheias de roupa para usar à noite quando por vezes os programas que temos são mais familiares ou diurnos.

Sandálias no Inverno? Vestidos tão frescos? Tops de alças? Queremos festejar com algum conforto e agasalho, uma vez que os espaços no nosso país não estão tão aquecidos como no estrangeiro. Para todas as ocasiões, cenários e tipos de figura física deixo-vos algumas sugestões práticas que facilitam muito o processo de escolha (e de compras) na altura de pensarmos no que usar para os dias de festa.

Base: preto total. O preto é fácil, alonga e fica bem a qualquer pessoa. É uma cor mais usada à noite – para o dia procuramos tons mais claros – mas uma vez que estamos no mês de Dezembro não faz mal estendermos o mood festivo para almoços, lanches e outros passeios. Gosto de usar preto porque 1) já tenho bastante roupa nesta cor em casa, 2) sinto-me confortável com as escolhas que uso e 3) isso permite-me divertir-me com casacos e acessórios! Como base sugiro umas calças cómodas – num cenário mais descontraído até jeans – e uma camisola de malha fina que seja suficientemente quente para que estejamos sempre no maior conforto em qualquer cenário. Uma malha fina de gola alta preta é sempre elegante. Sendo a base mais descontraída, há luz verde para perder a cabeça com acessórios, casacos e sapatos!

Casacos: casacos de pelo, coletes, casacos de lantejoulas, sobretudos em cores claras ou fortes, estampados vistosos, aplicações brilhantes… um casaco pode fazer a festa! Usar um casaco especial em cima de uma base preta faz com que o casaco ganhe um protagonismo especial e a figura física fique perfeitamente camuflada debaixo dele. É uma forma fácil de juntar ‘festa’ ao nosso look sem cair no exagero, no maximalismo ou sair da nossa zona de conforto.

Acessórios: os colares podem ficar escondidos por baixo das camisolas e os anéis por baixo das luvas, o que faz com que os brincos – detalhe estrela deste Inverno – sejam os acessórios ideais para dar um toque de brilho a qualquer look. O exagero, a cor e o brilho são bem-vindos, afinal de contas, estamos em época de festas! As carteiras pequenas e especiais também resultam muito bem à luz do dia quando combinadas com casacos mais quentes e de cor mais clara.

Sapatos: os sapatos também podem – e devem! – ser especiais. Há tanta oferta nas lojas – com pérolas, bordados, glitter, rendas, etc – que o difícil é mesmo escolher. Sapatos festivos não têm necessariamente que  ser desconfortáveis; hoje em dia até um par de ténis pode ser chic! A minha sugestão é que, altos ou rasos, os sapatos sejam cómodos e adequados a cada cenário. Não deixem de escolher um par bem original e especial, para viverem de forma divertida esta época festiva.

Festa é festa: à noite e num cenário assumidamente de festa não há melhor do que juntar ao preto muito brilho! Dourados e prateados convivem em harmonia hoje em dia, e não faltam opções de brincos, carteiras, sapatos e casacos com estes apontamentos. Para a eventualidade de a noite se tornar mais quente sugiro um top mais leve e festivo por baixo da elegante camisola de gola alta preta.

Esta fórmula facilita bastante a articulação de vários looks de festa e permite-nos fazer compras nesta categoria de forma mais animada e descontraída. Já não temos que pensar ‘o que fica bem em cima e em baixo’, ‘com que tipo de meias conjugo este vestido’, ‘como usar as tendências da estação’; basta escolher uma base confortável e discreta e… condimentar a gosto! De preferência sem grande moderação. Espero que seja útil… e Boas Festas!

 

Partilhar