Handmaid’s Tale: a 2.ª temporada está aí e nós queremos que esteja preparado

A segunda temporada da série adaptada do livro homónimo de Margaret Atwood, publicado em 1985, chega agora às televisões após ter vencido o Emmy para Melhor Drama.

Resistência: esta é a palavra que melhor resume a segunda temporada de “Handmaid’s Tale” que chegou a Portugal a 26 de abril, logo a seguir ao nosso Dia da Liberdade.

Coincidências à parte, está de regresso a série que conta a história de uma sociedade que sofre as consequências de um assalto ao poder de teocratas que derrubaram o governo dos Estados Unidos da América, levando os fãs para um possível futuro próximo e pós-feminista.

Se viu a primeira temporada, ser-lhe-á fácil recordar que esta história acontece sob a ditadura de Gilead onde as mulheres são subjugadas e sujeitas a várias formas de opressão, retirando-lhes todo e qualquer tipo de liberdade.

Devido a uma crise de fertilidade causada pela poluição e agricultura não biológica, o destino divide-se para as mulheres: as inférteis (e opositoras do regime) o futuro é nas colónias como escravas; para as férteis, a obrigação recai em procriar à força com os comandantes, com a presença das suas esposas.

A primeira temporada termina com a personagem principal Offred (Elisabeth Moss) grávida. Para a segunda, que estreou no dia 26 de abril, há um aviso a todos os fãs: “Esperem o inesperado”.

Depois de vermos o trailer podemos concluir que a série levar-nos-á não só para uma nova resistência mas também para uma história que nos conta que tipo de liberdade é possível uma mulher conquistar numa distopia machista.

A nova temporada, que promete ser tão ou mais chocante e violenta, conta com 13 episódios e não podíamos estar mais ansiosos por devorá-los em dois tempos.

Se não viu a primeira ou se a quer relembrar, então percorra a galeria e conheça as nossas sugestões, para esta série e para os outros romances da autora Margaret Atwood, que pode encontrar na FNAC do nosso Centro.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço