Este inverno vamos jogar ao xadrez?

Há um padrão geométrico que deu nas vistas nas principais semanas de moda internacionais e pode agora encontrá-lo nas lojas do nosso Centro. Sim, o xadrez está de volta!

Dominou as passerelles em Paris, Londres, Milão e Nova Iorque, estendeu-se até ao streetstyle e chega agora às prateleiras das nossas lojas favoritas. O padrão axadrezado tornou-se definitivamente uma das maiores tendências deste inverno e é possível encontrá-lo em estampados com diferentes cores e combinações.

 

Tartã

Este é um tipo de estampa aplicado em tecidos leves, de lã, com fundo azul ou vermelho. Na Escócia usavam-no nos seus tradicionais kilts. Mais tarde, os punks adotaram o tartã e começaram a conjugá-lo com couro, jeans e detalhes metalizados. Hoje, é muito comum vê-lo em camisas, vestidos ou cachecóis, e deve ser combinado com peças e acessórios neutros e mais sóbrios. 

Príncipe de Gales 

É um padrão clássico e incontornável. À semelhança do tartã tem origem escocesa, foi criado no século XIX pela Condessa de Seafield, tornando-se famoso graças ao filho mais velho do Rei britânico, Edward VII, também conhecido como Príncipe de Gales. Confecionado em lã, malha de algodão e lona, este padrão apresenta traços irregulares sobre um fundo cinzento. É escolhido para blazers, sobretudos e vestidos, que combinados com uma camisa branca ou uns sneakers resulta num look cool e confortável. 

Vichy 

Deu muito nas vistas no verão passado, estando presente em minissaias, vestidos, cop tops ou skinny jeans. O xadrez Vichy ficou mundialmente conhecido após ser usado pela grande estrela do cinema Brigitte Bardot na década de 1950. Suave, delicado e muito feminino, este quadriculado, que faz lembrar as toalhas de piquenique, regressou em força em forma de camisas, blusas e casacos oversized, tornando os looks mais desportivos e simultaneamente elegantes. Combine-o com tons neutros, como o preto, o azul marinho ou o camel. 

Buffalo Check 

Fundo vermelho e quadrados grandes, assim é o xadrez Buffalo Check. Surge em peças de inverno como as camisas de flanela, um modelo obrigatório no vestuário estilo grunge. Pode ser perfeitamente conjugado com jeans, saias, botas de couro ou sneakers, sendo sinónimo de coordenados urbanos, descontraídos e cheios de atitude. 

Argyle

É um tipo de xadrez mais comum em coletes, sweats, cachecóis, gravatas, bonés ou meias, sendo geralmente tricotado em peças masculinas e femininas. São blocos em forma de diamante, ou losangos, sobre um fundo colorido, atravessados por finas listras de cor contrastante. As combinações possíveis são imensas e é um clássico que nunca sai de moda. 

Pied-de-Poule

Este é o xadrez mais vintage e sofisticado, com pontas alongadas e estampado geralmente em tecidos mais grossos e rústicos. O nome, de origem francesa, significa “pé de galinha”, e o padrão ficou famoso graças a Coco Chanel que o escolheu para a criação do seu intemporal tailleur. Atualmente, é um grafismo que salta à vista em saias, casacos, vestidos e até acessórios, sendo o preto e o branco as cores básicas, possíveis de combinar com quase tudo. 

 

Este inverno aposte nesta tendência aos quadradinhos, seja em pequenos apontamentos ou num look total. Antes de ir às compras, inspire-se nas nossas sugestões!

Categorias
Moda
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço