50 shades of red

Esta estação não nos cansamos de falar de encarnado, mas como pode ser uma cor que assusta, Maria Guedes deixa uma lista de conselhos para usar e abusar, sem arrependimentos, da cor da paixão.

O encarnado é a cor oficial desta estação e a que queremos celebrar, aqui, durante este mês! É uma cor muito forte, e por esta razão, há quem lhe ofereça bastante resistência. Na minha opinião, é bastante convidativa por sugerir alegria, paixão, amor, segurança e uma enorme associação à temática natalícia.

Sabendo que não é o tom mais fácil de usar, venho dar-vos algumas sugestões de combinações, para que possam testar esta tendência sem sair completamente da vossa zona de conforto. 

Podemos começar com uma simples camisola (parece-me a peça mais fácil) e a partir daí ganhar confiança para explorar acessórios, casacos e calças nesta tonalidade. A moda esta estação diz encarnado da cabeça aos pés, mas como a nossa vida não é uma fashion week, vamos dar passos mais pequenos que nos permitam viver a animação desta cor de uma forma bastante mais equilibrada. Vamos lá?

A cor encarnada é, por si só, tão forte e tão vistosa que, na minha opinião, conjugá-la com outras cores que entrem em contraste absoluto só pode resultar numa explosão visual. Assim, a associação fácil e óbvia ao preto e ao branco (que são grandes apoios na combinação de todas as outras cores) é, na minha opinião, de evitar. Gosto, em vez disso, de misturar este tom com neutros como bege, branco pérola, cinza claro, camel, rosa claro, rosa velho, ou, em alternativa, com tons de frutos silvestres (azul mirtilo, amora, rosa framboesa, vermelho arando).

Vou mostrar-vos algumas combinações e justificar estas minhas escolhas.

red_sweater_3

Para suavizar: quando nos apetece usar esta cor mas diminuir-lhe um pouco o volume – seja porque estamos num estado de espírito mais light ou porque a queremos usar durante o dia – sugiro os novos neutros: camel, bege ou rosa claro. O maior problema com o uso desta cor são as meias e os sapatos; temos imediatamente vontade de usar tons escuros (como o preto!) mas quando o usamos percebemos que o resultado não é tão suave como queríamos. A minha sugestão é sempre acompanhar a cor das calças/saia com a cor dos sapatos para um resultado mais equilibrado e um efeito visual mais alongador.

red_sweater_2

Para descomplicar: o encarnado – aliás, qualquer cor! – fica bem com jeans, a peça fácil que descomplica e permite tudo. Neste tipo de combinação prefiro escolher sempre um azul muito escuro que permita usar botins pretos sem a possibilidade de criar um contraste visual demasiado forte. Azul marinho e encarnado é uma combinação clássica – bastante desportiva – que nunca falha!

red_sweater_1

Para festejar: se queremos um registo mais moda ou estamos a pensar num look para a noite, a possibilidade de misturar este tom com cores de frutos silvestres resulta numa combinação muito rica e, a meu ver, super interessante. Sugiro um máximo de três cores desta paleta por look, sendo que duas podem ser perfeitamente suficiente.

Posto isto, e se o manuseamento da cor vos pareceu fácil, passemos aos acessórios e casacos encarnados…

Carteiras: este é o acessório que apresenta menos restrições porque fica bem com tudo! Uma carteira encarnada pontua de forma divertida qualquer look.

Sapatos: são mais difíceis de conjugar do que uma carteira mas por não representarem uma mancha grande de cor, resultam perfeitamente com quaisquer combinações – até mesmo preto e branco!

Casacos: são lindos os casacos encarnados! Se um sobretudo for demasiado – porque pode tornar-se cansativo – sugiro um blazer ou blusão de pele nesta cor.

Materiais: apesar de o vinil ser o material de eleição esta estação para transportar esta cor, a camurça é uma opção em que a tonalidade surge invariavelmente com menos força e é por isso bastante mais fácil de usar.

red_aceesories

Categorias
Moda
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço